Cornucópias de atum e ervilhas

Esses aperitivos em forma de cone talvez sejam as que para mim caracterizam melhor o Natal. Sim, estou a falar de natal em pleno mês de Maio, mas o cheiro da massa frita e da mistura de ervilhas com atum e maionese era mais intenso na época natalícia em minha casa.

Cornucópia

A minha prima Ana Jaqueline “Jacky” Tavares sempre foi muito boa a fazer doces e salgados, e nessa altura do ano recebia vários pedidos de encomendas, desde pastéis e rissóis, a bolos de fécula de batata e bolos de chocolate. Confesso que ficava com muita pena das pessoas que se lembravam, à última hora, de fazer as encomendas. Infelizmente eram informadas que não era possível atender aos seus desejos. Os pedidos eram tantos que a mão-de-obra que a minha prima dispunha (eu, os seus três filhos e talvez alguma vizinha) era pouca para tantos quitutes que tinha de fazer.

Era a semana em que eu e os meus primos não nos importávamos de ser pagos em taças com restos da massa que encheu a última forma de bolo de chocolate, com alguns croquetes e pastéis que não passavam no rigoroso controlo de qualidade da minha prima. E, claro, o salário mais desejado, os cones partidos de cornucópia que se esperava preencher para completar as encomendas da Xiloka (madrinha da minha prima Érica, filha da Jacky).

A cornucópia é uma empada em forma de cone de massa frita ou assada no forno com recheio de atum, salada fria ou creme de pasteleiro para a versão doce. Tradicionalmente a cornucópia é uma espécie de vaso em forma de chifre cuja forma possui um significado mitológico de riqueza e abundância.

PicMonkey-Collage-cornucopia-diminuida-2

Cornucópia de atum e ervilhas

Massa:
500 gr de farinha de trigo
100 gr de manteiga
1 colher de chá de fermento
1 ovo
Sal q. b.
Leite q. b.

Recheio:
200 gr de ervilhas cozidas
2 latas de atum
1 cenoura média cortada aos cubos e cozida
Azeite
Pimenta moída na hora

Molho de Iogurte*:
1 dente de alho médio
1 iogurte natural
Sal q.b.
Pimenta moída na hora

Guarnição:
Salsa q.b.
1 tomate médio cortado aos cubos

Peneire a farinha com o fermento para uma taça e faça um buraco no meio. Parta o ovo e coloque-o no centro da farinha com o leite e a manteiga a temperatura ambiente. Comece a amassar do centro para fora até que fique uma massa homogénea. Faça uma bola com a massa e embrulhe-a em película aderente e reserve.
Numa taça misture as ervilhas, o atum e as cenouras. Tempere com azeite e pimenta.
Na preparação do molho de iogurte, misture todos os ingredientes e tempere a gosto.

Montagem das empadas:

Estenda a massa sem que fique muito espessa ou fina. Em seguida corte tiras longas e enrole à volta das formas. Frite-as** em óleo bem quente até ficarem douradas uniformemente.
Quando estiverem mornas tire com cuidado a massa da forma e recheie com a mistura de ervilhas, cubra com uma camada do molho de iogurte.
Decore com o tomate aos cubos e uma folha de salsa.

*Na receita da minha prima usa-se maionese. No entanto, substituí por iogurte por gostar do sabor fresco que confere à empada.

**Se preferir pode assar a massa. Pincele-as com gemas de ovos batidas e leve ao forno até a massa estar cozida e dourada.

Agradecimentos: À Maria Osvaldina Dias pela cedência das formas, pela receita e pela paciência na confecção desses aperitivos.

Share

2 comments on “Cornucópias de atum e ervilhas

  1. Maria regina vieira
    8 Setembro, 2016 at 14:58

    estou tentando do fazer a receita da cornucopia que vc postou Mas , nao foi mencionado a manteiga ou o fermento e tambem o tempo que a massa fica descansando .

    Na receita tem a lista dos ingredientes e a maneira de fazer mas deixaram de fora os detalhes importantes .

    Favor retificar pois gostaria de fazer a receita corretamente
    Obrigada

    • Valéria Custódio
      24 Outubro, 2016 at 19:04

      Olá Maria Regina, tem toda a razão. A receita foi retificada. Quanto ao tempo de descanso não contabilizei pois enquanto fazia o recheio a massa descansava. Mas normalmente o tempo de descanso é de 30 min. Experimente e depois conta-nos como ficou. Beijinhos e muito obrigada pelo feedback.

Comentário

O seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios são marcados com *